Ar condicionado em condomínios

Hoje falaremos a respeito do ar condicionado.

Nosso objetivo é alertar você, síndico e gestor, a incluir na pauta de prioridades a preocupação com a qualidade das instalações e a manutenção dos equipamentos, seja nas áreas comuns ou nas unidades. 

O condomínio tem responsabilidade na manutenção e instalações quando o equipamento for de uso em área comum.

Para saber se o condomínio está preparado para suportar o ar-condicionado, consulte o memorial descritivo da construtora. Nele deve constar se o projeto previu a estrutura necessária para receber o equipamento. Do contrário, será necessário providenciar a obra para a adaptação.

Uma instalação irregular pode causar vários acidentes como incêndio e problemas relacionados a energia e estrutura. É fundamental ter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Como podem ver, preservar a segurança e o bem-estar do seu condomínio é de extrema importância e responsabilidade de todos que ali moram. Não esperar que uma tragédia aconteça para agir é o mínimo a fazer. 

Orientando moradores na instalação de ar condicionado:

Detalhe as condições, capacidades permitidas e o modo de instalar.

É necessário que os moradores consideram três aspectos:

  • Quadro de força, que deve ter capacidade para a instalação;
  • Tomada para fazer a conexão (nunca conectar outros aparelhos na mesma);
  • Fonte de alimentação adequada ao que o produto pode suportar (110 V/127 V/220 V).

Para te ajudar nesse tipo de orientação, contrate a Kagel!

...

Receba nossos materiais no email

Dicas, informações úteis, legislação e muito conhecimento sobre gestão e condomínios.

Downloads gratuitos